quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

O Dilema da mulher moderna: Amor x Carreira

Que Lado eu Vou?

Como se não bastasse todas as dificuldades que nós mulheres passamos (aturar gracinhas na rua, se equilibrar em saltos, manicure, pedicure, agendar hora para ter seu cabelo puxado por uma escova durante cinquenta minutos e como se não bastasse um jato de ar quente próximo ao couro cabeludo -para garantir que a tortura estará completa- e não obstante ainda pagar por isso, depilação na virilha- uuiiiiiiii- tirar sobrancelha, buço e todas as desgraças existentes em nosso mundo de beleza), agora temos mais uma preocupação: a escolha entre Carreira ou Amor, ou então a tentativa de conciliação dos dois.




Parece uma tragédia, por que será que está tão intrincado em nossas mentes "Ou dona de casa exemplar OU executiva exemplar". Será que não conseguimos os 2? E também não precisa ser VP da Microsoft, quero só trabalhar na minha área e poder ter uma família. Só né... A maioria das mulheres que conheço e que são bem sucedidas na área profissional, ou são divorciadas ou são solteiras - vulgo encalhada. Se tem família a mulher se transforma em uma empregada "do lar". To lascada mesmo. Afinal e se eu quero trabalhar pois isso me dá a independência que eu necessito como pessoa, e mesmo assim quero ter família? O que faço? É Larissa, não se pode ter tudo na vida. Será que não? E se eu tiver que escolher? Não sei quanto a você, mas quanto a mim estou começando a acreditar que antes arriscar para ser feliz, do que ficar estável e infeliz.

Arrisque mais, se não der certo pelo menos você tentou. Grande parte dos desafios que surgem em nossas vidas, nós não os encaramos por medo. Medo de tomar a decisão errada. Mas pensa comigo, isso justifica deixar de lado os outros 50% que poderiam ser um acerto capaz de mudar sua vida inteira?

Quanto ao meu caso, vou tentando conciliar até onde der... Quem sabe né?! E quando eu tiver que escolher (se tiver que escolher) estarei pronta para arcar com as consequências. Um erro pode levar a um acerto, ou um acerto a um erro. A vida é isso. Uma caixinha de surpresas!
O Futuro a Deus pertence!