sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Quando só o perdão não basta.



Existe todo um mistério em torno do "tema" PERDOAR. Rola aquela angústia, perdoar ou não?

Até no pai nosso: "Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido". Aham, vai pensando que é fácil...


Se você conseguiu perdoar, parou de sofrer com o que passou, teve provas por A + B que realmente houve mudança no outro AÍÍ sim! Que bom! Fico MUUUITO FELIZ POR VC! (pode até parar de ler esse post).


Agora quando você perdoou e mesmo assim não adiantou...


Quando o parceiro erra conosco (seja mentindo, traindo, escondendo etc) e nós descobrimos, o primeiro impulso é querer se afastar daquilo que te causou dor (até aí normal, uma criança sabe que ao colocar a mão no fogo a primeira reação é retirar rapidamente a mão da chama).

Mas depois do afastameto inicial, vem todos aqueles pensamentos confusos, tentativas de amenizar o que ocorreu - vulgo se enganar- e aí que os problemas começam. A gente sempre insiste no que não deve, já percebeu? Se teve alguma coisa que começou errado, pensa bem se vale a pena insistir. Perdoar é sim muito bonito, mas a pessoa deve merecer. E quem merece, fala a verdade sempre e MUDA. Se ele não falou a verdade e você descobriu algo por "outros meios", mais uma prova que ele não queria se expor, e provavelmente iria continuar com o comportamento errado.


Quem erra sabe que está errando, quem perdoa, deve no mínimo saber o que está perdoando.


Se ele não contou, ou se desperdiçou mais uma chance que você deu, filha, dessa vez pelo amor de DEUS chute esse cara. É um pensamento muito limitado achar que "é o que tem para hoje". Chega a ser medíocre. Temos que saber quem somos e o que merecemos. Não adianta dar murro em ponta de faca, ninguém muda ninguém. Pronto e acabou. Simples assim.


Chega a dar alívio quando saímos de uma situação sufocante como essa. Leia de novo. Chega a dar alívio quando saímos de uma situação sufocante como essa. Agora para e pensa, você quer uma relação que te angustie a ponto de sentir alívio quando se livrar dela?


se vc respondeu SIM- Melhor rever seus conceitos. O que houve com o desejo de ser bem tratada, valorizada e amada? Foi trocado por um "Ah, eu gosto tanto dele", "Ele vai mudar", "Ele mudou", "Ele mentiu para não me magoar". Menina acorda. Você tem que saber que merece mais!!!


se vc respondeu NÃO- GRAÇAS A DEUS!


As pessoas vivem mostrando quem são a você, ai vai de você querer enxergar e tirar a "mão do fogo" ou não.


RESUMINDO. Se, quando sentirmos dor percebermos que não precisamos passar por isso, nos retirarmos da situação, assim como tiramos a mão quando sentimos queimar, com certeza teríamos menos tristezas e decepções em nossas vidas.