quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Fuçar ou não Fuçar, eis a questão!

 
Bom, quem nunca deu uma fuçadinha no celular, e-mail ou facebook, que atire a primeira pedra! Também quem pode nos culpar? Ele está lá, dormindo e roncando feito um porco, com o celular ligadinho em cima do móvel... Tá pedindo por uma fuçadinha ne? Pedindo não, implorando!

Em nossa defesa, nós só ficamos tentadas a levantar em slow motion, e ir devagarinho até o celular, quando o tal do namorado já aprontou alguma no começo da relação (não precisa ser necessariamente traição, mentira e papo furado tb contam). Aí fica aquela sombra pairando, a dúvida cruel, Fuço ou não Fuço? Ai o coração começa a bater mais forte, e a adrenalina vai à milhão. A gente fica se sentindo uma super espiã prestes a descobrir uma verdade universal! Aí quando você fuça, fuça e fuça (sugiro que vá direto às mensagens, depois agenda, e não se esqueça do calendário e das notas- paranóia nivel 10) e das duas uma, ou você pega o safado no pulo, ou da com a cara no muro (rimou).

Se a gente não acha nada de fato grave, gravíssimo, aí a euforia e a adrenalina logo caem para -20, e a culpa fala mais alto. "Ai eu não deveria ter feito isso. Desconfiado sem razão"... Ai você fica encucada, "será que devo contar que andei fuçando?" (sugiro que não, fez a cagada, devolve o celular quietinha e finge que nada aconteceu- a e não repita a dose).

AGORA quando a gente encontra coisa...Xiiiiiiiiiiiiiii o pau vai comer (ou nunca mais vai comer né...- piadinha ambígua digna de jagunço). A verdade é que nossa reação depende muito da gravidade dos fatos. Por exemplo, se foi algo q ele nao te contou e você descobriu, que não envolva traição, nem a cretina safada que treina na mesma academia que a dele (ou qualquer vagabunda siliconada gostosa que ele conheça), você vai gritar xingar etc etc eeeeeeeeeee? em menos de um dia ja está tudo bem.

A famosa fase "Nós conversamos e ele não vai fazer mais". Aí na proxima oportunidade de fuçar o que acontece ? O celular esta com senha. SALCI FUFU.
O segredo meninas, veja bem que essa vale a pena anotar, é não fazer NADA. Nem fazer a cara de nervosa de que está brava com algo e não quer contar para ele, ai ele fica perguntando o que foi e você só fica emburrada...(aquele draminha de chantagem emocional muito utilizado para obter atenção). Como diz minha mãe "SENTA, CALA A BOCA E OBSERVA". Começa a observar mais e falar menos. Seja esperta. Quem sabe você não começa a reparar em certas coisas que antes passavam batidas? Observa e ANALISA se é isso mesmo que você quer para sua vida. Esse é o ponto chave. PARA e pensa se é assim que deseja viver, se ele é o homem que quer para sua vida, ou se você quer muito que seja ele. Tem uma diferença brutal entre o cara SER O HOMEM DA SUA VIDA, e você QUERER QUE ELE SEJA. Pensa bem em qual categoria ele se encontra.

O que deve ser levado em consideração na realidade não é nem a fuçada em si, mas o ato que impulsiona você a pegar algo que não é seu, sem a permissão do dono, por pura insegurança e desconfiança. Agora a pergunta do dia, se ele tem a confiança para entrar rm vc (essa foi phynna), porque diabos você vai fuçar nas coisas dele? Ou ao contrário, se você não confia nele, pq para outras coisas (entrar em vc) você confia? Ou a pessoa é digna de confiança, ou não é. Melhor ajustar os ponteiros.

Aí vem o outro lado do psicológico “Eu não fuço porque quem procura acha!”. Ai te pergunto minha filha, E não é bom achar? Ou você prefere se enganar ate quando?
Maaaaasss aí que está...(em homenagem a minha maior fã Fefa- PAUSA DRAMÁTICA), o que você vai fazer se você encontrar o que procura?

Só quebrar o pau, chorar, gritar espernear e não ter a força necessária para se afastar, não vai adiantar nada. Só vai piorar a sua situação. E um ciclo vicioso se estabelece:

Ele caga no pau > você descobre (afinal mentira tem perna curta) > ele da uma desculpinha safada (muitas vezes nem da desculpinha ta cagando e andando) > você perdoa e se convence de que ele não fará mais = RELACIONAMENTO SEM VERGONHA NA CARA, SEM RESPEITO (chega uma hora que sentimos vergonha de nós mesmas) e COM CHIFRE NA TESTA

Mulher é muito besta. Se o cara pisa na bola e pede perdão se faz de santo, PRONTO! "Perdoar é lindo, divino e puro". Ok querida parabéns você vai para o céu, a catequese valeu alguma coisa, PORÉM, contanto que não custe sua sanidade mental e paz emocional. Se optou por acreditar que ele não lhe magoará mais, OK, perdoe E ESQUEÇA (aí que está o babado, quem disse que dá?- assunto para outro post). 

Mulherada é muito simples. Tão simples que até dói. Se o cara fez merda, é tchau! Não se transforme em uma maluca metida a espiã Carmem Sandiego. Ninguém merece que você mude a mulher maravilhosa que é.  Quando a gente menos espera estamos lunáticas, controladoras, briguentas, e no fundo, sabemos muito bem quando eles aprontam. Se vai fuçar, ja tenha em mente o que quer para você e qual decisão vai tomar. Basta querer enxergar vai!!!