quinta-feira, 21 de julho de 2011

A maior vingança é ser feliz!




Há quem perca tempo da sua vida planejando a vingança, não sou uma dessas pessoas graças a DEUS! (também só faltava essa né, já perco meu tempo com tanta coisa desnecessária imagina uma tão ruim assim). Eu não julgo sabe, eu sei que quando alguém faz uma maldade com a gente, e sentimos uma dor imensa a primeira coisa que pensamos é como esse(a) fdp vai me pagar? Isso comigo dura uns 10 segundos, porque depois vem a minha verdade "E ai? Isso vai fazer a minha dor passar?".



Ano passado tive uma desilusão muito grande, foi uma dor sem precedentes porém foi nela que encontrei quem sou eu. Eu poderia ter me vingado, ou então feito algo de ruim a quem me causou tanto mal. Mas sinceramente? Eu optei por sentir a dor e superar. Chorei muito, me desapontei demais, ainda fico triste ao pensar no assunto PORÉM, passou.



Hoje não sei como está a vida de quem tanto me feriu e honestamente nem me interessa saber. Estou tão feliz com a minha, com meus objetivos alcançados que simplesmente não importa mais.



Felicidade é se ouvir, seguir os próprios instintos, fazer a própria vontade e não depender de ninguém.


Então para todos que já desejaram o mal ou fizeram algo errado para você, segue meu conselho... Não se preocupe em retribuir, na verdade nem se preocupe com essa pessoa. Chore o que tiver que chorar, sacode a poeira, deixe para trás o que tiver que deixar e simplesmente siga em frente. Escute a si mesma que jajá você irá dizer a essas pessoas pequenas uma frase:



Chupa essa manga meu bem.


5 comentários:

  1. Para a sua surpresa, tem homem que lê isso aqui sim, e aqui vai um "causo" para quem quiser dar palpite (mulher nem gosta disso..):
    Me envolvi com uma colega de trabalho, uma pessoa quem tem tudo o que eu sempre quis em uma mulher, inclusive os defeitos, principalmente porque são muito parecidos com os meus...saímos, namoravamos, ela me apresentou para os pais, viajavamos juntos, tinhamos uma sintonia incrivel, tudo...e além disso eu nunca fui ciumento, nunca fui e não suporto gente grudenta, ela e eu continuamos a ter as nossas vidas e a nossa individualidade. Ia tudo bem, (nossa relação nunca atrapalhou o trabalho)até o babaca aqui abrir o jogo e dizer que realmente gostava de verdade dela e que estaria ao lado dela para o que quer que fosse.
    Daí para frente tudo mudou, em pouco tempo ela se afastou, disse que gostava de mim como amigo (mortal essa, se quiserem matar um H por dentro, podem usar) e tal. Nos afastamos, ela tem saído com outras pessoas e eu também. Só que ela fica no "bate e assopra", embora a gente nunca mais tenha ficado junto novamente. Aí eu pergunto: 1. O que fazer já que a gente continua trabalhando junto e embora eu pudesse demitir a moça e resolver minha vida meu senso de profissionalismo me impede?
    2. Porque diabos ela simplesmente não me deixa em paz e não me ajuda a deixar isso de lado já que ela disse na minha cara que a gente JAMAIS vai ficar junto de novo? Eu sou útil? Um brinquedo? Um capricho?
    3. Tem alguma coisa que eu possa fazer para ter certeza dos verdadeiros sentimentos dela? Eu sei que não vai rolar de novo. Eu quero muito, eu faria o impossivel por essa mulher, iria até o inferno com ela e por ela. Casaria de novo (já fui casado), teria um filho, fugiria com o circo, sei lá. Mas eu sei que não vai.
    Não quero me vingar dela, quero paz de espírito, mas a verdade é que eu vejo nela a pessoa que eu sei que ela é e de quem ela mesma se esconde. Eu vejo a profissional, a mulher, a menina. E vejo os defeitos, as falhas de caráter, eu sei que ela não é perfeita para mim, mas para mim ela é perfeita. Obrigado pelos palpites...se alguém quiser saber mais sobre mim (não é uma oferta) eu saí recentemente em uma revista feminina dando uma entrevista sobre o ponto de vista masculino em relação à casamento...beijo de um fã incondicional das mulheres.

    ResponderExcluir
  2. Ei autora desse blog, favor publicar mais de seus textos, é muito bom lê-los..tá fazendo falta.

    ResponderExcluir
  3. o que aconteceu? precisamos ler mais sobre seus textos!

    ResponderExcluir
  4. Eu vou publicar rsrs Andei meio ocupada!!! DESCULPEEEMM!

    ResponderExcluir